Quem escuta a minha namorada dizendo que me ama tanto, e não me conhece, naturalmente, deve achar que eu sou um cara sensacional. Só pode ser, para uma pessoa amar e admirar desse jeito! Mas quem me conhece sabe que o buraco é muito mais embaixo. Eu passo longe da imagem de um cara que mereça ser amado desse jeito. Se amor fosse por merecimento, ela no máximo ia me ter como amigo do curso de inglês. Mas graças aos céus, não é. Mas mesmo assim é difícil entender. Até pra mim. Não raro me pego pensando: “será que ela não tá se confundindo? Ou me confundindo? Ou será que ela já ta apostando no meu talento literário e espera gratidão quando eu for rico, famoso e metido”? Penso bastante nisso.

Mas não é nada disso. Essa bailarina desmiolada me ama assim mesmo. Sem que o namorado dela tenha nenhuma característica da qual ela possa, racionalmente, se orgulhar. Ou vocês conhecem alguém que se orgulharia de ter um namorado chato, irracionalmente ciumento, possessivo, desbocado, impaciente até não poder mais, cínico, debochado, egoísta, superprotetor³, egocêntrico, teimoso, metido, arrogante, megalomaníaco, egocêntrico, que acha que tá sempre certo (e está mesmo), que acha que escreve pra caralho (e escreve mesmo), preconceituoso, intransigente, avoado e irresponsável? Nem eu… Mas mesmo assim ela me ama. Apesar disso tudo.

Mas não escrevi isso aqui só pra me gabar não. Quer dizer, não só pra isso… Na verdade escrevi isso pra dizer, que apesar de ser tudo isso aí em cima, eu amo essa bailarina, e quero a felicidade dela tanto que chega a doer, e que, sem muito sucesso, tenho tentado mudar isso tudo. Só pra um dia, quando alguém perguntar, ela poder dizer que o namorado dela é um sujeito sensacional. Porque ela merece namorar um cara sensacional. E como eu não to disposto a abrir mão dela pra nenhum bobalhão alegre de gel no cabelo e com cara de escoteiro, que faz faculdade de direito e chama a mãe dela de “tia”, eu to tratando de tentar ser um cara sensacional. Não por mim, mas porque ela merece. E o mínimo que eu posso fazer por alguém que me ama como se eu merecesse, é fazer por onde merecer.

Anúncios